O que é hiperautomação e por que você precisa saber disso?

Por 1 de julho de 2020Transformação Digital

A automação de processos consiste na aplicação de processos que, por si só, executarão tarefas rotineiras usualmente feitas por pessoas. Essas tarefas podem tomar tempo útil de trabalho e, em muitos casos, podem ser feitas de forma automática para tornar o dia a dia de trabalho dos colaboradores mais eficiente. 

Diante desta realidade, surgiu uma nova forma de aprimorar os processos, a hiperautomação. Vamos falar um pouco dessa nova realidade logo abaixo. Acompanhe:

O que é hiperautomação?

Enquanto a automação consiste em tornar processos mecânicos, executados por pessoas, em automáticos, seguindo linhas diretas de funcionamento, a hiperautomação abrange um leque ainda mais amplo de funcionalidades. 

A junção de tecnologias distintas permite que os softwares realizem tarefas desde a pesquisa, análise e projeção à medições, monitoramentos e reavaliações. 

Como funciona a hiperautomação?

A hiperautomação funciona com a combinação de tecnologias, como Machine Learning, Inteligência Artificial, RPA, Process Mining e outros. A implantação permite que praticamente qualquer processo seja automatizado do início ao fim, com raciocínio lógico e cognitivo que torna atividades cada vez mais complexas em tarefas simples realizadas pelos próprios softwares. 

Graças a tecnologias como o Machine Learning, por exemplo, os programas possuem a capacidade de aprender por si só de acordo com a forma que foram codificados. Eles criam rotinas e analisam dados de forma lógica, permitindo que tomem decisões de forma mais ágil e prática e otimizando o tempo de trabalho dos colaboradores. 

Hiperautomação nos negócios

Além de tornar os processos cada vez mais eficientes, a hiperautomação pode ter sua tecnologia utilizada na implantação de outras formas de inteligência, como a de gêmeos digitais. 

Os gêmeos digitais consistem em um produto, serviço ou até mesmo uma linha de produção, porém digital. A versão virtual permite que uma análise ainda mais completa de qualidade e desempenho seja feita, além de permitir que a própria tecnologia sugira alterações que possam aprimorar o produto ou serviço. 

A hiperautomação pode ser de grande auxílio em processos como o de gêmeos digitais, visto que pode tornar até mesmo esse processo de melhorias mais prático e ágil, permitindo até mesmo um aumento na velocidade e eficiência das linhas de produção ou de execução de serviços. 

A implantação de ferramentas como de automação industrial, Machine Learning, RPA, Blockchain e outros, se tornou uma tendência em diversos mercados em todo o mundo. O uso traz benefícios consistentes para as empresas e para o dia a dia dos colaboradores, permitindo que o dia a dia de trabalho seja mais eficiente e menos repetitivo. 

Além disso, a combinação dessas tecnologias pela hiperautomação pode representar uma grande força na retomada dos negócios para tempos de crise, permitindo análises mais reais e possibilitando um planejamento cada vez mais assertivo para os negócios. 

Gostou da nossa matéria? Clique aqui e conheça um pouco mais sobre transformação digital e como ela pode impactar o dia a dia da sua empresa!