Mundo pós-dinheiro: quais tendências moldarão o mercado financeiro?

A forma como lidamos com dinheiro na sociedade mudou ao longo dos anos, ressignificando o conceito de valor e a forma como o utilizamos. Embora ainda seja comum utilizar os serviços bancários tradicionais, muita gente já se adaptou com as novas tecnologias e funcionalidades oferecidas virtualmente. 

Já conseguiu imaginar como seria o mundo sem dinheiro? Pois vamos te mostrar como o comportamento consumidor mudou e quais as tendências para o futuro. Veja:

O mundo pós-dinheiro

Desde o uso de cartões de débito e crédito, o comportamento consumidor vem mudando e tomando novas formas de valor. Não é mais tão comum carregar dinheiro em espécie, ou até mesmo enfrentar filas de bancos para pagar contas. 

Muita gente já tira proveito das tecnologias disponíveis pelos bancos tradicionais, como pagamento de contas por bancos virtuais e aplicativos, transações bancárias, solicitações virtuais sem a necessidade de ir à agência e outros. 

Embora seja possível que o dinheiro continue permanecendo na sociedade por muitos anos, a forma como ele é usado provavelmente vai seguir mudando e evoluindo. Um dos grandes indícios disso é a disponibilização de bancos virtuais, sem mensalidades ou anuidades de cartões e até mesmo taxas por serviços. 

Tendências para o futuro

Com pensamento no futuro, algumas soluções já fazem parte da nossa realidade e já vem sendo aproveitadas por muita gente. Acompanhe:

Bancos Virtuais

Já é parte da nossa realidade a utilização de bancos virtuais, visando digitalizar os processos financeiros e tornar a vida dos usuários cada vez mais prática e rápida. Existem opções oferecidas tanto por bancos tradicionais para contas 100% virtuais quanto por bancos novos, que operam de forma 100% digital, sem agência ou atendimento presencial.

Grande parte desses bancos oferecem contas gratuitas e com diversos serviços inclusos, como emissão de boletos, transferências sem taxa mesmo que para outras entidades financeiras, cartões de crédito sem anuidade e por aí vai. 

Fintechs

As Fintechs são startups de tecnologia e inovação que operam exclusivamente no mercado financeiro, provendo soluções e serviços no mercado. Embora algumas pessoas acreditem que as Fintechs sejam a causa dessa mudança de comportamento dos consumidores em buscar cada vez mais o uso da tecnologia na vida financeira, é provável que elas sejam a consequência dessa nova necessidade. 

Com essa notória mudança de comportamento, especialistas em tecnologia e inovação perceberam lacunas de mercado para atender demandas ainda não evidentes para as grandes operadoras financeiras. Serviços de pagamento online, por exemplo, se tornaram cada vez mais utilizados por sites de venda online, auxiliando os usuários e tornando ainda mais ágil e prático comercializar via web. 

Novos investimentos em tecnologia e segurança

Com essa grande evolução das metodologias financeiras em todo o mundo, temos hoje um leque ainda maior de possibilidades para investimentos em tecnologia, inovação e segurança de dados. 

Existe um aplicativo muito comum utilizado pelos Chineses chamado WeChat. Ele funciona basicamente como um aplicativo tradicional de mensagens instantâneas, como o whatsapp, porém possui moeda própria para pagamentos e um portal de lojas e anúncios online para centralizar todo o funcionamento. 

Alguns mercados chineses já não trabalham mais com moeda física e sequer cartões de crédito ou débito, operando somente por meio da cobrança no aplicativo na hora do pagamento. 

Sem sombra de dúvidas a tecnologia impulsionou o mundo a mudar a forma como lidamos com bens materiais. O uso de ferramentas tecnologias avançadas tornou a vida dos consumidores mais prática e ágil, abrindo mais espaço para novas oportunidades e mudando a forma como consumimos. 

Gostou da nossa matéria? Compartilhe esse post em suas redes sociais!