Importância do serviço especializado de TI durante a pandemia

À medida que a pandemia de coronavírus continua a atrapalhar os sistemas globais de saúde e economia, há outra ameaça invisível crescente no espaço digital: o risco de ataques cibernéticos que ameaçam nossa crescente dependência de ferramentas digitais e a incerteza da crise.

Aqui estão três razões pelas quais medidas contar com um serviço especializado de TI durante a pandemia é mais importantes do que nunca.

1. Uma dependência alta da infraestrutura digital aumenta o custo da falha

Em uma pandemia dessa escala, com casos de coronavírus registrados em mais de 150 países, a dependência das comunicações digitais se multiplica. A Internet tornou-se quase instantaneamente o canal para uma interação humana eficaz e a principal maneira de trabalhar, entrar em contato e apoiar um ao outro.

Empresas e organizações do setor público estão cada vez mais oferecendo ou aplicando políticas de “home office”, e as interações sociais estão rapidamente se restringindo a chamadas de vídeo, publicações nas mídias sociais e programas de bate-papo. 

Muitos governos estão divulgando informações por meios digitais. Por exemplo, o Reino Unido transformou o digital no padrão de comunicação, instruindo os cidadãos a confiar em sites oficiais para atualizações, a fim de evitar inundar os serviços de informações por telefone.

No contexto sem precedentes de hoje, um ataque cibernético que priva organizações ou famílias do acesso a seus dispositivos, dados ou internet pode ser devastador: no pior cenário, ataques cibernéticos de base ampla podem causar falhas de infraestrutura generalizadas que deixam comunidades inteiras ou cidades offline, obstruindo prestadores de serviços de saúde, sistemas e redes públicos.

2. O cibercrime explora o medo e a incerteza

Os cibercriminosos exploram a fraqueza humana para penetrar nas defesas de TI. Em uma situação de crise, principalmente se prolongada, as pessoas tendem a cometer erros que não teriam cometido de outra forma. Na internet, cometer um erro em relação ao link em que você clica ou em quem confia nos seus dados pode custar caro.

A grande maioria dos ataques cibernéticos implementa métodos de engenharia social. Os cibercriminosos são extremamente criativos ao criar novas maneiras de explorar usuários e tecnologia para acessar senhas, redes e dados, geralmente aproveitando tópicos e tendências populares para atrair usuários a comportamentos inseguros online.

O estresse pode incitar os usuários a tomar ações que seriam consideradas irracionais em outras circunstâncias. Por exemplo, um recente ataque cibernético global visou pessoas que procuravam notícias do COVID-19. O malware foi ocultado em um mapa que exibia estatísticas de coronavírus carregadas de uma fonte online legítima. Os espectadores foram solicitados a baixar e executar um aplicativo malicioso que comprometia o computador e permitia que hackers acessassem senhas armazenadas.

3. Mais tempo online pode levar a um comportamento mais arriscado

O comportamento inadvertidamente arriscado da internet aumenta com o tempo gasto online. Por exemplo, os usuários podem ter acesso “gratuito” a sites obscuros ou programas piratas, abrindo a porta para possíveis ataques e malware.

Da mesma forma, pode haver riscos ocultos nas solicitações de informações de cartão de crédito ou na instalação de aplicativos de exibição especializados. Sempre, e especialmente durante a pandemia, clicar no link errado ou expandir os hábitos de navegação pode ser extremamente perigoso e caro.

Então, o que pode ser feito?

Um serviço especializado de TI ficará encarregado de cuidar da sua segurança durante a pandemia e além. Você poderá focar nos objetivos de negócios, essenciais para passar por esse momento com o mínimo de danos possível.

Gostou do nosso artigo? Acompanhe nosso blog e fique de olho em todas as nossas dicas!